domingo, 5 de setembro de 2010

Feriado cultural no Teatro Castro Alves, em Salvador

A companhia de dança mineira Grupo Corpo se apresenta neste domingo (5) na Sala Principal do Teatro Castro Alves, em Salvador. O espetáculo, em comemoração aos 35 anos da companhia, apresenta a mais nova coreografia do grupo, “Ímã”, de 2009, e a consagrada “Lecuona”, de 2004 – a mais votada no site do grupo para fazer parte da atual turnê. Ambas têm assinatura de Rodrigo Pederneiras.

A apresentação começa às 20h e o Teatro Castro Alves fica na Praça Dois de Julho, s/n – Campo Grande. Os ingressos (inteira) custam R$ 80 (filas A a P), R$ 60 (filas Q a Z) e R$ 40 (filas Z1 a Z11). Mais informações pelo telefone (71) 3535-0600.

***
Foto: Alessandra Nohvais

Já na segunda-feira (6), é a vez da cantora e compositora baiana Manuela Rodrigues se apresentar na Sala Coro do TCA, às 20h. O show faz parte do projeto Conexão Vivo que, até novembro, terá apresentações quinzenalmente, sempre às segundas-feiras.

Acompanhada por Mascarenhas, Son Melo, Júlio Caldas e Lalo, Manuela já traz no repertório canções do seu segundo CD, com lançamento previsto para janeiro de 2011, pelo selo Garimpo e Fundo de Cultura. O show, que tem direção artística de Felipe Assis, conta com a participação especial do cantor Álvaro Lemos e com as interferências do VJ Tiago Lins. Irma Vidal assina a luz do espetáculo que será filmado para produção de um DVD. O VJ e a iluminadora são integrantes do projeto Conexão Vivo.

Além do show no TCA, os músicos selecionados pelo projeto ainda ganham a gravação do show em áudio e vídeo, um programa especial na Rádio Educadora e na emissora TVE e uma faixa garantida no CD Conexão Vivo na Sala do Coro que será lançado posteriormente em meio físico e virtual.

***
Foto: Divulgação

Na terça-feira (7), a Orquestra Sinfônica da Bahia se apresenta  na Sala Principal do TCA, também às 20h. A apresentação, que faz parte da série Concertos Acadêmicos, será regida pelo venezuelano Domingo Hindoyan, e contará com a participação do pianista baiano Ricardo Castro, gestor artístico da OSBA. Os ingressos (inteira) custam R$ 10,00. Antecedendo ao concerto, haverá uma vesperal gratuita no dia 6, segunda-feira, às 16 horas, também na Sala Principal.

Lançada este ano, a Série Concertos Acadêmicos conta com a participação de músicos do Neojibá (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia), e tem como objetivo capacitar os jovens talentos em repertório orquestral e, ao mesmo tempo, desenvolver as capacidades pedagógicas dos experientes músicos da Sinfônica. A orquestra é mantida pela Secretaria de Cultura do Estado, através da Fundação Cultural e TCA.

Sugestões de matérias: culturaemovimento@gmail.com

Nenhum comentário: