quinta-feira, 25 de junho de 2009

A Bossa ainda é Nova

Quando os primeiros acordes do piano soaram no silêncio do teatro, fomos transportados para uma outra época. Voltamos no tempo, ou, visitamos um tempo que só conhecíamos pela música. Mas, naquele momento, ele estava ali, inteiro e intenso, na alma dos atores.

Rio de Janeiro, década de 50. Praia, pôr-do-sol, música. Mas,não uma música qualquer. Uns dizem que é imitação do jazz, outros brigam para definir quem foi o inventor. Mas, ali, naquelas duas horas de espetáculo, os temas que interessavam eram o amor, o sorriso e a flor. Estamos na era da Bossa Nova.

“Tom e Vinicius – O musical” tem início no ano de 1956, com a realização da produção teatral “Orfeu da Conceição” - peça de Vinicius, com músicas de Tom Jobim - marco inicial da parceria, e segue contando a história do surgimento da Bossa Nova e toda repercussão causada por ela no Brasil e no mundo. Na peça, Marcelo Serrado dá vida a Tom Jobim, e Thelmo Fernandes é Vinicius de Moraes. Com direção de Daniel Herz e direção musical de Josimar Carneiro, a peça é mais do que uma obra biográfica, pois centra sua narrativa no espírito que envolvia todo um período da história do Brasil, no qual a Bossa Nova se estabeleceu como conceito estético e até mesmo padrão comportamental. Dessa maneira, o público se sente transportado para essa época, conhecendo e sentindo como grandes clássicos, como “Chega de Saudade” e “A felicidade” ganharam vida, na parceria entre o poeta e o maestro.

Além de Marcelo e Thelmo, mais 14 atores integram a cena, e dão vida a figuras importantes da música brasileira, como Elizeth Cardoso e Dolores Duran. Todos eles, com uma qualidade visível, ajudaram a abrilhantar ainda mais o espetáculo. E, entre esses atores está Guilhermina Guinle, que interpretou duas das esposas de Vinicius de Moraes.

“A nossa casa, querido
Já estava acostumada
Aguardando você
As flores na janela
Sorriam, cantavam
Por causa de você...”

Mas, quem roubou a cena com uma interpretação impecável foi a atriz Marilice Cosenza, que deu vida – e muita emoção – a uma de nossas grandes representantes do samba-canção, Dolores Duran. Marilice cantou “Por causa de você”, parceria de Dolores e Jobim, e arrancou do público, aplausos calorosos. Todos nos sentimos em março de 1957, quando Tom mostrou a Dolores a melodia que havia feito, e, em pouco tempo, ela apresentou-lhe a letra, que se tornou um grande clássico de nossa música.


“Rua Nascimento Silva, cento e sete
Você ensinando prá Elizete
as canções de canção do amor demais
Lembra que tempo feliz, ai que saudade,
Ipanema era só felicidade
Era como se o amor doesse em paz...”

Muitos são os momentos marcantes e muitas são as músicas para lembrar. “Garota de Ipanema”, “Eu sei que vou te amar” e “Carta ao Tom” são apenas algumas das grandes canções que passaram pela peça e estão eternizadas na música brasileira. A parceria de Tom e Vinicius rendeu muitas histórias para contar e muitas canções para serem eternamente entoadas na batida sincopada do violão da Bossa Nova.

Tom e Vinicius - O musical: ÚLTIMA SEMANA!!!
Até dia 28/06 - Sexta e sábado 20h, e domingo 18h
Teatro Carolos Gomes - Praça Tiradentes, 19 - Centro, RJ
Mais informações: 2232-8701

Lembrando que este blog está concorrendo ao Prêmio Top Blog na categoria Cultura. Para votar, basta clicar no selo que aparece aqui do lado direito. Divulguem!!!

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Movimentando o fim de semana

Sem programação para o dia dos namorados? Algumas opções de programas para esse fim de semana chuvoso:

"Apenas o fim" chega às salas de cinema nessa sexta
Nada mais adequado do que um comédia romântica estreando no dia dos namorados. "Apenas o fim" conta a história do casal Adriana (Érica Mader) e Antonio (Gregório Duviver). A estudante cansa de sua vida e decide, simplesmente, ir embora. Mas, antes, ela deve terminar o namoro com Antonio, e os dois têm uma hora para conversar e fazer um balanço de suas vidas.

O filme é do diretor e roteirista estrante Matheus Souza, de 21 anos, estudante de Cinema da PUC-Rio. Antes de chegar às telonas, "Apenas o fim" ganhou prêmios, como de melhor filme pelo Juri Popular no Festival do Rio e na Mostra Internacional de São Paulo, além de ter participado do Festival de Rotterdan e Miami.

Felipe Radicetti faz show no Rio com participações especiais


O cantor Felipe Radicetti faz show no Centro Municipal de Referência da Música Carioca, na Tijuca, lançando seu novo CD, SagradoProfano. O show terá participação de Marianna Leporace, João Cantiber e Itamar Assiere.

O CD SagradoProfano é um ciclo de canções que, através das letras e da estrutura musical, procura refletir as tradições e a fé religiosa afro-brasileira. Assim como em trabalhos anteriores, os instrumentos acústicos estão integrados a elementos de música eletrônica. Radicetti incorpora, neste trabalho, o sagrado e o cotidiano na cultura afro-brasileira.

O show será às 19h, e o CMRMC fica na Rua Conde de Bonfim, 824 - Tijuca. Mais informações pelo telefone 3238-3831.

Lembrando que este blog está concorrendo ao Prêmio Top Blog na categoria Cultura. Para votar, basta clicar no selo que aparece aqui do lado direito. Divulguem!!!

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Carnaval é todo dia!

Foto: George Maragaia
Para quem está à procura de diversão e boa música nesta véspera de feriado, a dica é o show da Orquestra Imperial que acontece hoje no Canecão. Esse será o oitavo “Baile dos Namorados” promovido pela Orquestra, com a presença do DJ Malboro e convidados especiais.

A banda surgiu em 2002, realizando um antigo desejo de um grupo de amigos de formar uma típica orquestra de gafieira. O repertório é variado, com clássicos dos anos 60 a sucessos da cultura do salão, mas tudo com arranjos novos. Formado por artistas da nova safra da música brasileira, “a mistura de gerações dá um toque especial ao som da banda”, como disse Thalma de Freitas, uma das integrantes.

Em 2007, a banda lançou seu primeiro CD “Carnaval só ano que vem”, com músicas inéditas de integrantes do grupo, e logo caiu nas graças do público, conquistando fãs por onde passam. Além de fazer shows no Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador, a banda já lançou o CD na Europa, e volta lá em julho, para shows na Inglaterra, Itália, Portugal e Holanda.

Interessou-se? Então, vá ao Canecão! Fica o convite de Thalma: “convido a todos pra dançar, cantar e flertar ao som da Orquestra Imperial!”


Orquestra Imperial - Baile dos Namorados
Data:
10 de junho (quarta-feira)
Local: Canecão (Av. Venceslau Brás, 215 - Botafogo - tel: 2105 2000)
Horário: 22h
Preços: R$ 120,00 (Frisa Central), R$ 110,00 (Balcão Nobre), R$ 100,00 (Mezanino), R$ 80,00 (Poltronas Numeradas) e R$ 60,00 (Pista). Meia entrada para estudantes e maiores de 60 anos.
Classificação etária: 15 anos (menores de 15 anos somente com responsável)
Ingressos à venda na bilheteria e pelo site
Funcionamento da bilheteria: de 12h às 21h20m
Pagamento em dinheiro ou cartão de débito


Lembrando que este blog está concorrendo ao Prêmio Top Blog na categoria Cultura. Para votar, basta clicar no selo que aparece aqui do lado direito. Divulguem!!!

segunda-feira, 8 de junho de 2009

De portas abertas para a cultura


Você já pensou em assistir a um show na hora do almoço? E trocar o bate-papo no restaurante por uma roda de debates? Desde 1995, o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE) oferece essas e outras opções para as pessoas que trabalham no centro, ou para quem esteja passando por lá.

O TCE foi o primeiro órgão público da cidade a ceder seu espaço para iniciativas culturais, e todos os eventos são gratuitos. O objetivo inicial do projeto Momento Cultural era dar maior utilidade ao auditório Olympio de Mello, com capacidade para 400 lugares. E o horário do almoço foi escolhido para não prejudicar as atividades profissionais dos servidores.

Logo que começou, o projeto só contava com shows. Hoje, além de acontecerem outras atividades no espaço, ele foi deslocado para o prédio anexo à sede do TCE. “O projeto inclui música e a sala de exposições, onde nós fazemos a roda de conversa, com temas e debatedores, numa proposta informal, onde há uma interação entre público e convidado”, diz Mônica Chateubriand, responsável pela programação do projeto.

O projeto já levou aos TCE artistas como Olivia Byngton, Leni Andrade e Mauro Senise. Além de artistas consagrados, o espaço também recebe aqueles que estão começando. Como é o caso de Manu Santos, cantora e integrante do Seresta Moderna, que se apresentou no espaço do TCE em abril. O grupo conta a história da Música Popular Brasileira através de seus grandes clássicos. E espaços como esse do TCE são importantes pólos de divulgação para os artistas que estão tentando se firmar no meio musical. “Hoje, quanto mais espaços aparecerem com grande estrutura, assim como o TCE, para ajudar a cultura, é perfeito. Porque nós artistas precisamos desse meio de divulgação, de mais espaço, e hoje em dia está muito difícil”, disse Manu.

Além do projeto Momento Cultural, o TCE tem um coral formado por seus funcionários, que já faz show fora do espaço do tribunal. Eles têm recebido resposta positiva do público, por terem um repertório variado, que vai de samba à música clássica. E, no site do tribunal, é possível conferir a programação do projeto, além das músicas cantadas pelo coral.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Movimentando o fim de semana

Confira a programação para um fim de semana 'verde-e-amarelo':

Muito batuque e alegria nesta sexta, no Estrela da Lapa
O bloco carioca Mulheres de Chico sobe ao palco do Estrela da Lapa para mais um show repleto de animação. Idealizado por Gláucia e Vivian no carnaval de 2003, o MDC é formado por cerca de 30 batuqueiras, algumas integrantes de outros blocos cariocas. No repertório, apenas canções daquele que mais entende da alma feminina: Chico Buarque.

Para os malandros e cabrochas interessados, o show será nessa sexta, 5 de junho, às 23h, no Estrela da Lapa, na Av. Mem de Sá, 69. Para mais informações, 2507-6686.

Diversidade é a marca do Viradão Carioca, que começa nessa sexta-feira
Entre esta sexta-feira (5) e o domingo (7) o Rio de Janeiro vai viver a sua própria virada cultural, o Viradão Carioca, inspirado no evento paulistano realizado há cinco anos. Com mais de 300 atrações espalhadas por diferentes pontos em toda a cidade (a maioria delas gratuitas), o evento procura – nas palavras da secretária de cultura do município, Jandira Feghali – “reapropriar os espaços públicos do Rio tendo a cultura como foco”.

Acesse a programação completa no site oficial do evento.

Fonte: G1

Fábio Cadore convida Filó Machado em show no Ao Vivo Music, SP
Para o público paulista, a dica é show de Fábio Cadore na próxima terça, 9, no Ao Vivo Music. O cantor lançou, em 2008, seu primeiro cd, “Lúdico Navegante”, que teve a participação de Filó Machado, que estará com ele nesse show.

Apesar de pouco tempo de carreira, Fábio tem uma experiência de veterano, tendo, no currículo, turnê pela Argentina e participação em projetos pela Europa.

O show será às 22h e o Ao Vivo Music fica na Rua Inhambu, 229 – Moema.

Estréias brasileiras no cinema nesse fim de semana
Três produções brasileiras estão entre as estréias no cinema nessa sexta, dia 5: “Um homem de moral”, “A festa da menina morta” e “Cantoras de rádio”.

“Um homem de moral”, documentário de Ricardo Dias, conta a história do compositor Paulo Vanzolini, autor de sucessos como “Ronda” e “Volta por cima”. No documentário, Vanzolini passa a limpo seus sambas, seus amigos e a cidade de São Paulo, tema permanente de sua obra musical.

“A festa da menina morta”, de Matheus Nachtergaele, conta a história de Santinho, jovem alçado à condição de líder espiritual numa comunidade ribeirinha do Alto Amazonas ao realizar um milagre após o suicídio de sua mãe. No elenco estão nomes como Jackson Antunes, Cássia Kiss e Daniel de Oliveira, que ganhou o prêmio de melhor ator no Festival do Rio. O filme também conquistou o prêmio de melhor diretor.

O documentário “Cantoras de rádio” tem direção de Gil Barone e Marcos Avellar . O filme tem como fio condutor o show “Estão Voltando as Flores”, que celebra dez grandes cantoras do rádio e conta com a participação especial de Carmélia Alves, Carminha Mascarenhas, Ellen de Lima e Violeta Cavalcante.

Lembrando que este blog está concorrendo ao Prêmio Top Blog na categoria Cultura. Para votar, basta clicar no selo que aparece aqui do lado direito. Divulguem!!!