segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Sol na Garganta do Futuro lança novo vídeo na internet

Gravado ao vivo na cidade de Aracruz, norte do Espírito Santo, ano passado durante o projeto Circulação Cultural o video está disponível em alta definição (HD) para streeming e download no Blog Garganta (http://www.solnagargantadofuturo.com.br/). A música “Isso Tudo é como um Rap” foi composta sobre poema homônimo e acompanha o repertório do grupo há alguns anos, tornando-se uma espécie de clássico – muito querida do público.

O Sol na Garganta do Futuro é um grupo que mistura música e poesia e, desde 2001, apresenta uma proposta inovadora no campo das artes. Os insturmentos musicais dão às poesias o tom exato, enquanto os versos dão lirismo às notas entodas. O grupo é formado pelo carioca Daniel Bosi (sopros/violão/voz) e pelos capixabas Fabricio Noronha (voz/poesia), Hugo Reis (guitarra), Vinicius Fabio (contrabaixo/voz/ruídos) e Erico (bateria/percussão)

No vídeo, destaque para o cenário desenhado em parceria com o design e iluminador Felipe Gomes, composto por luminárias vermelhas em movimento, painéis de acrílico suspensos e imensa imagem de fundo. A edição e captação é do videomaker Thiago Moulin, integrante da turnê que rodou seis cidades de norte a sul do estado, produzindo mais de 15 horas de material bruto.

Atualmente o grupo trabalha na pré-produção de seu primeiro disco a ser lançado no início de 2010 e se prepara para alguns shows em vista nos próximos meses nas cidades de Vitória, São Paulo, São Carlos, Uberlândia e Florianópolis.

Isso tudo é como um rap
Toda a dor do mundo num sopro

Lanço gestose gestos dão frutos.
recolho com a outra mão os futuros.

Mudo de roupa como quem muda de década.
E sonho.
Sonho.
Sonho.

Afino minha guitarra outra vez.
E toco.
Toco.
Toco.

Acho extravagante a blusa de meu pai
Acho um exagero o laço na minha mãe.

Meio parado na frente do espelho
Passo a maquiagem.com o pó que minha sensação injeta.
com a firmeza dos tantos heróis na reprise.
E reprisa.
Reprisa
Reprisa.

São meus netos repetindo na tevê.
É minha cara cheia de vergonha e orgulho.
São coisas quebradas.
Partidas. Dialogadas.

Respostas sem erro.
Piadas absolutamente engraçadas.

Aqui ninguém morre fome.
O presidente é amigo do meu pai.

(Fabricio Noronha, livro "Sangue Som Fogo")

Para assistir ao vídeo, clique
aqui.

Não esqueça de votar no blog no Prêmio Blog Books! Entre em www.blogbooks.com.br/categorias/artesecultura e vote no Cultura em Movimento! A votação é até o dia 11/9! Divulguem!!!

Nenhum comentário: